Stephenie Meyer: Edward: “Minha vida era meia-noite, sem m…

Edward: “Minha vida era meia-noite, sem mudanças, sem fim. Devia, por necessidade, sempre ser meia-noite pra mim. Então como era possível que o sol estivesse nascendo agora, bem na metade da meia-noite?”