Rafael: Descobrindo – Rafael Rocha – 15/11/2012 …

Descobrindo – Rafael Rocha – 15/11/2012

Eu tava me perguntando, porque a adolescência, é a fase em que mais questionamos e criamos perguntas e questões sobre nós mesmos e sobre o que nos rodeia.
Na fase dos 12 anos, estamos descobrindo os sentimentos, e qualquer coisa que nos faça sentir bem, parece ser amor.
Na fase dos 14 anos, estamos descobrindo conceitos pessoais e convicções que levaremos pelo resto da vida, mas qualquer coisa que vá contra nossos princípios parece ser um crime contra a nossa própria lei.
Na fase dos 15 anos, estamos descobrindo que pensamentos e certezas do passado parecem coisa de criança, e estamos finalmente amadurecendo, descobrindo a verdade por trás dos sentimentos, porém, qualquer decepção a mais, parece nos derrubar mais fortemente dessa vez.
Na fase dos 16 e 17 anos, estamos criando a certeza, que amamos realmente alguém, e nessa fase, criamos convicções que se encaixem aos nossos princípios, criando assim uma cadeia de amadurecimento, onde cada prova, parece fortalecer o que pensamos, porém, qualquer tristeza parece trair nossas convicções.
Á partir dos 20 anos, o ser humano parece desenvolver suas últimas lições pessoais, e onde o amadurecimento é mais rápido e nos enquadra melhor á nossas vontades.

Resumo: Todo ser humano, passa por vários processos de amadurecimento, criando certezas e convicções, porém, mesmo no auge desse amadurecimento, ainda existem riscos de sermos traídos por nossas próprias certezas, vontades e motivações.
Ou seja, em qualquer idade, podemos nos decepcionar, e em qualquer idade podemos amadurecer mais e aprender mais com qualquer erro ou decepção.
Não se engane, a adolescência é um período de descobertas, onde você irá se decepcionar, mas se aprender mais do que chorar, irá se tornar cada vez mais preparado para a vida.