Martha Medeiros: Pactos. Acho que é isso. Não de sangue ne…

Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade